Um termo que tem sido usado cada vez mais ao falar sobre a próxima geração, é Cross-Gen, que significa que um jogo rodará em 2 gerações de consoles (sem precisar necessariamente de um remake, rework ou remaster nesse caso).

Apesar de a Microsoft já ter em prática um grande sistema de retrocompatibilidade, o Chefe dos Estúdios Microsoft Matt Booty a empresa não está segurando jogos para lançar em seu novo console, até porque eles irão rodar em toda família Xbox.

“Talvez a gente se sinta tão confiante na nossa pipeline de conteúdo, que nós não achamos que precisamos segurar tudo para o Scarlett” disse Botty, e completou dizendo que “Para qualquer aparelho lançado nos dias de hoje, você não está eliminando todos os outros daquela família.”

Apesar da fala não citar nomes dos jogos e com isso a gente ter que esperar para ver como cada jogo será tratado, vemos sim uma grande preocupação com os consoles em venda, Xbox One S e Xbox One X.

Essa visão é mais uma diferença das empresas ao olhar para a próxima geração, já que a Sony trabalha para que seus usuários migrem o mais rápido possível.