Uma organização de consumidores franceses, briga na justiça desde 2015 pelo direito de revenda do jogos na Steam, de acordo com o site Numerama, a alta corte do pais deu ganho para a UFC-Que Choisir, a Valve vai apelar.

A base da defesa, que diz que a Steam é um sistema de assinatura, não convenceu a corte e como resultado, os usuários deveriam ter o direito a revenda, se a decisão se mantiver, veremos mudanças não só na França, mas em toda União Europeia.

Se a Valve se recusar a cumprir a decisão dentro de um mês, uma multa que pode chegar a €3.000,00 por dia pode ser aplicada.

Um representante da Valve falou com o site Kotaku via email e deixou claro não só o desejo de apelação mas também alertou que nada irá mudar na Steam durante o processo de apelação do caso.