Outra mecânica, antes presente nos antigos jogos da franquia, foi removida da sequência de God of War.

Dando seguimento a cobertura de God of War da Game Informer, o diretor Cory Barlog confirmou uma notícia que muitos fãs já suspeitavam, Kratos não irá nadar no novo título da franquia.

Após a remoção da mecânica de pulo, que gerou controvérsias por parte da comunidade, o diretor do novo jogo que dará continuidade a história de Kratos afirmou que:

“Sempre que eu mencionava as mecânicas aquáticas e comentava que teríamos uma inteligência artificial te seguindo até mesmo nessas situações, eu recebia um olhar matador dos programadores”

Segundo Cory, o tempo e dinheiro investidos na programação de uma mecânica realmente bem feita seria demasiadamente elevada, por conta disso, decidiram utilizar esse tempo em outras áreas e melhoras outros aspectos do jogo.

Barlog não negou que em uma sequência do jogo possamos ver essa mecânica de nado voltando para dar o ar de sua graça, dessa vez com o tempo necessário para torná-la algo extremamente bem feito.

O novo God of War ainda não tem data prevista de lançamento e será exclusivo do PlayStation 4.