Presidente dos Estados Unidos reforça o argumento negativo dos games no país

Atualmente os Estados Unidos está passando por um período controverso para a indústria dos games. Cada vez mais representantes do governo estão se manifestam com relação ao que acreditam estar influenciando os jovens do país, culpando em sua essência, a violência excessiva presente no mercado de jogos eletrônicos.

Após o representante de Rhode Island sugerir uma medida administrativa de taxa para jogos violentos, foi a vez do presidente Donald Trump comentar a situação. Em um encontro com a CNN, o presidente afirmou ser necessária alguma medida ou ação por parte do governo.

Temos que olhar pra internet, pois muitas coisas más estão acontecendo com as crianças e as mentes jovens, que estão em formação, e temos que fazer algo sobre o que podem estar  vendo e como estão vendo. Também os videogames. Ouço cada vez mais pessoas dizendo que o nível de violência nos videogames está realmente moldando o pensamentos dos jovens”

A crescente onda de tiroteios em colégios acabou se tornando um mártir para o entretenimento americano. Isso, atrelado ao lançamento de títulos de grande porte este ano, acabou por dar um espaço maior para a discussão.

Trump já havia comentado sobre a onda de violência nos jogos em 2012.

Apesar de algumas medidas estarem em análise, não há garantia de que a indústria sofrerá com algum tipo de alteração durante essa geração. Contudo, a possibilidade de uma crescente no preço também não pode ser descartada.

E você, acredita que os games influenciam diretamente o jogador, de forma negativa?

Fonte: Eurogamer