Vamos voltar um pouco no tempo, Maio de 2019, Sony e Microsoft anunciam uma parceria no campo de Técnologia de Jogos em Nuvem (Streaming) e IA.

Isso pegou a todos de surpresa, inclusive gerou um “medo” coletivo por parte dos funcionários da divisão Playstation, que nada sabiam do acordo, na época gerentes de equipe tiveram que se posicionar para acalmarem seus funcionários, como foi reportado pela Bloomberg.

Voltando ao presente, o CEO da Microsoft, Satya Nadella revelou a Fortune em uma entrevista, que a decisão foi inteiramente da Sony.

Azure é o ponto principal da parceria

Microsoft Azure é um serviço de computação na nuvem, creado para construção, testes, desenvolvimento e gerenciamento de aplicações.

A atual investida da Google no campo de jogos com seu “console” Stadia, nada mais natural que as empresas que já estão no mercado procurem soluções para não ficarem para trás.

Microsoft e Sony, não Xbox e Playstation

Vale lembrar que essa parceria é entre as empresas e não em suas divisões de jogos, diferente do que muito foi comentado e especulado nos fórums e grupos de rede social, não se tem planos de jogos de um Console sairem no outro por causa dessa parceria.

O fato de o a Microsoft já ter um modelo de negócios nessa área, funciona como um seguro para a Sony, afinal de contas, se o produto final não for bom para a Japonesa, também significa um fracasso para a própria MS.