A Ubisoft está processando o provedor de cheat para Rainbow Six Siege MizuSoft em até US$25.000 por violação.

Usuários poderiam pagar por 2 planos, diário US$13,00 ou US$77,00 por mês, o hack permitia o jogador modificar o dano da arma, ver oponentes escondidos e expandir o campo de visão além dos limites do jogo.

A Ubisoft alega que o criador do programa já fez centenas de milhares de dólares atra’ves da venda desse “serviço”.

O ponto curioso desse processo é que o acusado é menor de idade, mas opera como uma empresa na qual sua mãe é responsável, isso a torna legalmente responsável pelo negócio.

A Ubi também aponta que o uso da ferramente fez com que a empresa gastasse enorme quantidade de dinheiro para tentar, remediar o dano causado.