O início da geração para o Xbox One foi um tanto quanto conturbado, talvez seja até difícil olhar para trás hoje e ver que o console que temos hoje, apesar de seus upgrades com o One X e diferentes modelos como One S e All Digital, são da mesma geração que aquele criticado Xbox One do lançamento.

Phil Spencer tem muito dedo nisso e em uma entrevista ao portal The Verge, ele falou um pouco sobre a nova geração “Se você lembra do início dessa geração, nós eramos $100 mais caros e sim, nós eramos menos poderosos (se referindo é claro ao Preço e Poder do Xbox One). Nós começamos o Projeto Scarlett com uma equipe de liderança com o objetivo de sermos um sucesso de mercado”.

Spencer ainda falou sobre conversas internas sobre futuras gerações e para os amantes de console físico, segundo ele ainda não esta decretado a geração da nuvem.

A Microsoft falou do Projeto Scarlett na E3 2019 e seu lançamento está programado para o fim de 2020, um anúncio muito provável durante a E3 de 2020.